Borso del Grappa - Itália

Borso del Grappa - Itália
Borso del Grappa - Itália

Chegada no porto

Ao avistar a nova terra, os imigrantes olhavam curiosos e também temerosos o que iriam encontrar. A grande ansiedade tomava conta de seus pensamentos. O sonho do progresso e da felicidade que poderiam destinar à suas famílias começava ali naqueles momentos. Desenhavam em suas mentes as propriedades que com seus trabalhos poderiam vir adquirir. Mas, não imaginavam as dificuldades que teriam pela frente.

A multidão amontoada no convés do navio, olhava assustada para aquele grande porto onde atracava o enorme vapor. O cais do porto ficava apinhado de gente. Crianças chorando, moços cheios de vida e de esperança pela nova terra. Aos poucos foram esvaziando todas as dependências daquela embarcação. Muitos se olhavam e perguntavam o que fazer, pra onde ir. Tudo era novidade. Sentiam-se totalmente perdidos. Sabiam que haviam deixado para o passado o país que nasceram, familiares, costumes de vida e todo o sentimento de sua terra, para abraçar a nova pátria.

3 comentários:

  1. Oi Ademir, recentemente comecei também a estudar a minha árvore Genealógica. descobri que Sou Tataraneto de Valentino Bergamo, que acredito ter vindo para o Brasil em 1898 com o meu bisavô ainda bebeê, chamado Mansueto Bergamo. Ales viveram na região de Antonio Prado e Viaduto no Rio Grande do Sul. Se pudermos gostaria de trocar algumas informações com você e descobrir se somos parente. Ah todos vieram de Borso del Grappa também. Meu e - mail é Alexandre.bergamo@gmail.com

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Olá Alexandre, como você pode observar, estive com este blog inativo por muito tempo. Pois, havia perdido as senhas para alteração. Agora estou retornando e vou tentar reorganizar as páginas. Existe muita confusão na visualização. Espero dar uma nova dinâmica ao blog. Tenho pouco conhecimento para isto, espero melhorar.
    Quanto aos nossos antepassados, percebo que existe uma grande coincidência de origens e fico muito feliz em encontrar alguém para compartilhar estas experiências de viagem ao passado.
    Gostaria de saber se você tem algum registro de antepassados em que possamos encontrar alguma ligação.
    Tenho registro de nascimento de meu avô Giovanni Bergamo em 1869 na comunidade Borso Del Grappa - Treviso - It. Onde consta apenas o nome de seus pais: Sante Bergamo e Luigia Serena.
    Vou lhe mandar e-mail com maiores detalhes. Abraço - e obrigado pelo contato.
    Ademir

    ResponderExcluir
  3. Tambem pertenço a essa familia!! Apesar de ter o sobre nome Oliveira, minha mãe é Bergamo. Gostaria de obter mais informações.meu BISAVÔ CHAMAVA JOAO BERGAMO MEU AVÓ LUIZ BERGAMO.

    ResponderExcluir